quarta-feira, 28 de outubro de 2015

23ª Festirim, o maior de todos os tempos! 1º Festival Pré-mirim


23ª Festirim, o maior de todos os tempos

Neste final de semana (24 e 25/out), no Ginásio do Coelhão em Guaíba, a 1ª Região Tradicionalista realizou o seu maior evento do ano e um dos maiores de sua história, o 23ª Festirim e o 1º Festival Pré-mirim. Um recorde neste evento que começou no início da década de 90.

Dedicado a mirim e pré-mirim, o evento reuniu mais de 1200 participantes, sendo 32 grupos nas Danças Tradicionais, e centenas cultivando a tradição em provas artísticas individuais, concursos culturais, jogos esportivos, brincadeiras e vaca parada.

Somente nos concursos de mais prendada e peão farroupilha foram mais de 40 participantes e na vaca parada em torno de 100. Além disso tivemos uma grande presença do público que superou as expectativas da organização.

Através da secretária de Turismo e Cultura, Cláudia Mara, a prefeitura de Guaíba mostrou mais uma vez o comprometimento com o tradicionalismo, conseguindo um ótimo local para a realização de todas as atividades, e investindo na realização do evento. Os trabalhos foram liderados por Jeferson Quadros, subcoordenador do Delta do Jacuí, juntamente com a coordenadoria e todos os departamentos da região.



Junto ao evento foi realizado o “Festirim Solidário”, que ficou aos cuidados do Departamento Jovem, liderado por Nathalia Rodrigues, onde foram arrecadados um expressivo número de doações, que serão destinadas aos atingidos pelas enchentes em Guaíba e Eldorado do Sul.

Deixamos aqui nossos agradecimentos a Prefeitura Municipal de Guaíba e a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, pelo grande apoio, pois sem isso com certeza não teríamos um evento deste porte. Também a todos aqueles que se doaram para a realização festival, atendendo a todos com carinho e atenção, auxiliando e ajudando no bom andamento das atividades.

Quanto a nossas crianças, devemos deixar as nossas singelas homenagens, pois realizaram um dos mais bonitos espetáculos da tradição gaúcha, uma grande lição de culto a tradição, fraternidade e amizade. Assim como suas entidades e seus pais, que lutam para que cheguem preparados e unidos em busca do mesmo ideal, cultivar a tradição através das manifestações artísticas, culturais e campeiras.

Na parte artística tivemos uma grande missão, organizar e conseguir encerrar as apresentações dentro do horários pertinentes.  Com esta tarefa estava nosso Diretor Rodrigo Maciel, apoiado por uma ampla equipe onde estavam locutores, avaliadores, secretaria e diversos outros. Tudo ocorreu dentro da normalidade, e dentro de horários aceitáveis. Muito trabalho para atender todas as demandas, mas a certeza de um trabalho muito bem feito.



No Departamento Cultural, com a Diretora Vera Lucia Mena Barreto, estava um concurso com mais de 40 participantes, e também uma grande equipe que além de lidar com a organização dos pequenos ainda possuía a tarefa de controlar a ansiedade dos pais, afoitos nos momentos em que suas crianças realizam as provas e que não podiam estarem ao seu lado. Mas pelas fotos se nota que todas estavam faceiras brincando e se realizando as atividades. Sua equipe entrou a noite para somar os resultados, e domingo pela manhã anunciaram os vencedores. 



Jogos campeiros como tetarfe e bocha campeira já são comuns na FECARS, mas o Festirim possui também as brincadeiras, como corrida de saco, pião e bolita. E para organizar todos estes jogos esteve a frente o nosso diretor de esportes Edson Fagundes, conhecido por Edinho.  Auxiliado por uma competente equipe, onde se encontravam até campeões brasileiros em algumas destas modalidades, divertiram as crianças e ajudaram em um importante resgate destes jogos e brincadeiras, hoje muitas vezes trocados por games, celulares e tablets. Em muitos momentos na bocha campeira haviam mais espectadores do que na própria FECARS 2015.



A vaca parada foi um grande sucesso, e representando nosso Diretor Campeiro Jair Martins estava Marne Resem, que vem se destacando entre os narradores de rodeio e auxiliando em muito as atividades do departamento. Responsável junto a sua equipe por mais de 100 crianças, experientes ou não no laço, garantindo uma linda competição e também o aprendizado e estimulo aos novatos.  Sendo também um outro local onde o publico se ajeitava como podia para ver os pequenos, tamanho o publico que rodeava o lonão.




Outros departamentos estiveram envolvidos na organização geral ou em lugares pontuais, sendo o Departamentos de Eventos de Vitor e Ana Pochmann diretamente no galpão da declamação, Comunicação Social na pré-divulgação e cobertura do evento, assim como departamento social, coordenadoria, subcoordenadoria, entidades, secretaria e outros inúmeros voluntários engajados em fazer o seu melhor dentro de suas atribuições.

Para ver o álbum completo com 800 fotos clique abaixo:

23ª Festirim, o maior de todos os temposNeste final de semana (24 e 25/out), no Ginásio do Coelhão em Guaíba, a 1ª...
Posted by Primeira Região Tradicionalista on Segunda, 26 de outubro de 2015

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Venha assistir ao 23º FESTIRIM


23º FESTIRIM, neste final de semana em Guaíba

A 1ª Região Tradicionalista e Prefeitura Municipal de Guaíba convidam a todos para prestigiarem o 23º FESTIRIM, que irá se realizar em Guaíba-RS no Ginásio Coelhão, neste final de semana (24 e 25 de outubro). Junto também estará ocorrendo o 18º FESTCAMP e 1º Festival Pré-mirim.

Os eventos serão voltados a criança e ao jovem tradicionalista até 14 anos, onde cerca de 1200 participantes participarão de concursos artísticos, campeiros, culturais e esportivos.

O festival, criado em 1993, traduz em suas modalidades a preservação dos usos e costumes, do folclore, dos valores, e da tradição do Rio Grande do Sul, para as centenas de crianças  e  jovens que participam.

Em conjunto estará acontecendo o FESTIRIM da Solidariedade, onde serão recolhidos donativos para ajudar os desabrigados pelas enchentes.

Mais informações em www.1rtrs.com.br

Dentre as modalidades estão:

I – Danças Tradicionais Mirim e Pré-Mirim;
II – Chula Infantil (só masculino);
III – Chula Mirim (só masculino);
IV – Gaita Piano;
V – Gaita Ponto;
VI – Violão;
VII – Intérprete Solista Vocal Feminino Pré-Mirim;
VIII – Intérprete Solista Vocal Feminino Mirim;
IX - Intérprete Solista Vocal Masculino Pré-Mirim;
X  – Intérprete Solista Vocal Masculino Mirim;
XI – Declamação Feminina Pré-Mirim;
XII – Declamação Feminina Mirim;
XIII – Declamação Masculina Pré-Mirim;
XIV – Declamação Masculina Mirim;
XV – Danças Gaúchas de Salão Pré-Mirim;
XVI – Danças Gaúchas de Salão Mirim;
XVII –  Dança de Par Pré-Mirim;
XVIII – Dança de Par Mirim;
XIX – Mais Prendada Prenda Bonequinha;
XX – Mais Prendada Prenda Pré-Mirim;
XXI – Mais Prendada Prenda Mirim;
XXII – Piazito Farroupilha;
XXIII – Peão Farroupilha Pré-Mirim;
XXIV – Peão Farroupilha Mirim;
XXV – Bruxinha de Pano Pré-Mirim;
XXVI – Bruxinha de Pano Mirim;
XXVII – Cinco Marias Pré-Mirim
XXVIII – Cinco Marias Mirim
XXIX – Corrida do Saco Pré-Mirim;
XXX – Corrida do Saco Mirim;
XXXI - Pião Pré-Mirim;
XXXII – Pião Mirim;
XXXIII – Bolita Pré-Mirim;
XXIV – Bolita Mirim;
XXXV – Bocha Mirim;
XXXVI – Tetarfe Mirim;
XXXVII – Tava Mirim;
XXXVIII – Laço Vaca Parada Pré-Mirim;
XXXIX – Laço Vaca Parada feminino Pré-Mirim ;
XXXX – Laço Vaca Parada feminino Mirim;
XXXXI – Laço Vaca Parada masculino Pré-Mirim ;
XXXXII – Laço Vaca Parada masculino Mirim.



Jeândro Garcia
Diretoria de Comunicação Social 1ª RT